Comece a comercializar sua nova empresa de limpeza

Depois de decidir um nome para o seu negócio de limpeza, arquivar as licenças e documentos de licenciamento adequados e comprar todos os seus materiais de limpeza, é hora de encontrar clientes. O marketing para uma empresa de limpeza pode ser tão simples quanto o boca a boca ou tão complexo quanto veicular anúncios em seu jornal local ou online. 

Você pode imprimir folhetos para anunciar seus serviços, iniciar um site ou campanha de e-mail para divulgar, investir em marketing digital ou postar sinalização em sua propriedade ou outros locais (com permissão). Se você já tem um ou dois clientes, pode pedir referências de clientes satisfeitos. Você pode até oferecer cupons de referência ou descontos para incentivar os clientes existentes a direcionar mais trabalhos do seu jeito, diz a equipe especialista em serviços terceirizados https://prismaadm.com.br.

Faça do atendimento ao cliente uma prioridade

A limpeza é uma ocupação simples: você remove a sujeira e faz as superfícies brilharem. Mas nas funções de atendimento ao cliente, você precisa colocar as necessidades do cliente em primeiro lugar, e isso significa estar disponível para clientes potenciais e existentes, respondendo prontamente às solicitações de serviços e cotações e acompanhando os clientes para garantir negócios repetidos.

Para gerenciar efetivamente o lado técnico do seu negócio de limpeza, você precisa de um meio de comunicação com seus clientes. Ferramentas como correio de voz e serviço de telefone, uma conta de e-mail, um site, páginas de mídia social ou todos eles combinados podem ajudar a aumentar o alcance da sua empresa e a satisfação do cliente. 

Fonte de reprodução: Adobe Stock

Organize-se com o software de limpeza para executar as operações sem problemas

Fazer o trabalho de limpeza da casa, arquivar licenças e documentos e reabastecer os materiais de limpeza pode ocupar muito do seu tempo como proprietário de uma empresa de limpeza. Mas, além de atender às necessidades dos clientes e estocar suprimentos, você precisa acompanhar seu orçamento, supervisionar a programação de funcionários, processar faturas de clientes e registrar informações de contas pertinentes e planejar impostos e outras taxas comerciais. 

O software de limpeza  pode ajudá-lo a organizar e supervisionar seus negócios com menos estresse do que um método de caneta e papel. Imagine até tentar manter os horários de seus funcionários ou contratados, lista de clientes, notas de conta e informações de pagamentos em uma planilha? Fica complicado e confuso muito rápido, mesmo com planilhas sistematizadas. Um software tudo-em-um remove toda essa confusão.

O software de gerenciamento de negócios de limpeza profissional também ajuda a melhorar sua imagem quando se trata de comercializar seu negócio de limpeza com recursos para solicitar análises, automação de marketing, pesquisas com clientes e muito mais. Manter sua marca simplificada – desde o software que você usa até o uniforme que você e seus funcionários usam – pode fazer maravilhas pela imagem da sua nova.

Como iniciar um negócio de limpeza de tapetes

Se você identificou a necessidade de serviços de limpeza de carpetes em sua área, pode estar se perguntando como começar. Neste artigo, forneceremos tudo o que você precisa saber sobre como iniciar um negócio de limpeza de carpetes. Incluímos um guia passo a passo para ajudar você a começar. 

1. Determine sua estrutura de negócios 

Você verá que geralmente existem dois tipos de estruturas de negócios disponíveis ao iniciar um negócio de limpeza de carpetes. Você deve determinar se deseja abrir uma pequena empresa independente ou começar como uma franquia. Cada um tem os seus prós e contras. Por exemplo, o franchising elimina grande parte do risco e do aborrecimento associados à execução de uma empresa de limpeza de carpetes pela primeira vez. No entanto, você normalmente é obrigado a usar o da empresa-mãe:

  • Nome
  • Logos
  • Esquema de cores
  • Uniformes 
  • Estrutura de pagamento 

Abrir um empreendimento solo oferece muito mais oportunidades criativas. No entanto, também traz um pouco mais de risco, já que você está totalmente sozinho, sem um extenso sistema de suporte. A execução de uma operação individual oferece mais liberdade e controle sobre suas despesas.

Fonte de reprodução: Adobe Stock

2. Esboce um plano de negócios e coloque suas finanças em ordem 

Depois de decidir qual estrutura de negócios você prefere, é hora de escrever um plano de negócios. Um plano de negócios é um documento simples que determina como você administrará sua empresa. Inclui coisas como seu propósito e declaração de missão. Você deve responder às seguintes perguntas ao elaborar um plano de negócios: 

  • Como a empresa terá lucro? 
  • Que tipo de equipamento montado em caminhão vou precisar?
  • Qual é o público-alvo? Quem estou procurando atrair? 
  • Quais esforços de marketing usarei para atrair clientes para o negócio? 
  • Quais são nossas metas financeiras de curto prazo? 
  • Quais são nossos objetivos financeiros de longo prazo? 

Você também vai querer ter tempo para colocar suas finanças em ordem também. Descubra quanto dinheiro em mãos você tem dos investidores. Determine o custo do equipamento. Se você optar por operar como uma franquia, a empresa controladora poderá fornecer equipamentos para você. No entanto, você precisará pagar uma taxa de franquia bastante considerável. Certifique-se de contabilizar todas as despesas antes de começar. Se você assumir uma dívida, tente determinar a melhor maneira de fazê-lo.

3. Proteja um local e determine sua área de serviço

A próxima coisa que você precisa descobrir é onde você quer que sua empresa opere. Você gostaria de ter uma vitrine que os clientes possam visitar? Como uma indústria baseada em serviços, isso pode não ser necessário. Os clientes provavelmente não visitariam sua loja por causa do seu negócio. Em vez disso, eles procurariam sua empresa on-line e ligariam para você. Por esta definição, você poderia operar de qualquer lugar. Não há problema em trabalhar fora de casa ao começar. 

No entanto, as duas coisas que você precisará considerar são seu equipamento e seus funcionários. Você quer que seus funcionários apareçam em um escritório todos os dias? Ou você prefere que eles se reportem diretamente ao local de trabalho? Se for o primeiro, você pode querer escolher um local central que não seja sua casa. Além disso, você precisará de um lugar para guardar seu equipamento de limpeza de carpetes quando não estiver em uso. 

Fonte de reprodução: Adobe Stock

4. Cuide dos Requisitos Legais 

Existem alguns requisitos legais associados à gestão de um negócio. Por exemplo, você precisará registrar a empresa no escritório do secretário de estado local. Você também vai querer abrir uma conta bancária comercial e garantir um número de identificação do empregador do IRS. 

Além disso, você deseja configurar uma conta bancária comercial e fazer o seguro de responsabilidade civil necessário para pequenas empresas. Você também precisará de licenças comerciais e autorizações para operar seus negócios. Você pode precisar garantir essas licenças nos níveis local, estadual e federal. É de seu interesse consultar um advogado para garantir que você esteja iniciando seu negócio corretamente. Isso pode ajudá-lo a evitar taxas caras e atrasos prematuros no caminho. Você também pode discutir assuntos como compensação do trabalhador com seu advogado.

Você também vai querer considerar consultar um CPA, além de um advogado. Impostos e folha de pagamento podem ser um pouco confusos, especialmente ao administrar um negócio pela primeira vez. Por exemplo, você sabia que há uma diferença na forma como o IRS trata os funcionários e contratados independentes? Assim como um advogado, um CPA pode ser um investimento que vale a pena para garantir que você administre seus negócios legalmente.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Limpeza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.